2016-05-01

April Wrap Up

Scroll down for english, please!

Muitos passeios a parques, praias, jardins, a aproveitar enquanto a Primavera não estava em força, porque assim que isso acontece, o papá deixa de poder andar muito pela rua. Alergias, a treta das alergias. Assim que aqui fica o selecionado para este resumo. Tecidos, comprei dois numa loja local, comprei vários numa loja online. Foi um mês farto de testes a moldes. Em cima, um teste para mim, com uma casa de botão em modo manual, é assim que as faço sempre. Outro teste para mim. Um teste para ela. A primeira coisa feita para o aniversário dela. Partiu as pernas da Barbie, eu arranjei e fiquei com ela. Umas meias feitas e oferecidas por uma amiga talentosa. Visitámos a avó duas vezes. Numa delas com os primos, fizeram bolachinhas. Ela decidiu pregar uma tesourada no cabelo, eu fiz-lhe uma franja. Andei a arrumar os meus tecidos. Uma papoila. Outro teste para ela. O céu da minha terra. Um bolo de caneca com topping de morango. 

There were a lot of trips to parks, beaches and garden, while we could. As soon as Spring comes strong, we avoid being outside (as a family) that much, because daddy can't be near any flowers and trees. Allergies, those damn allergies. So, here we go with the selction for this month. Fabric, I bought two pieces in a local shop, several in an online shop. It was a month of pattern tests. On top, a test for me, with a manual made buttonhole, as I always make them. Another test for me. A test for her. First thing finished for her birthday. She broke her Barbie legs, I sort of fixed it and kept it for myself. I was given a pair of handmade socks from a talented friend. We visited grandma twice. One of those times cousins were there too, they made cookies. She decided to cut her own hair, so I had to make her a fringe. I organized my fabric stash. A poppie. Another test for her. The sky from my town. A mug cake with strawberry topping. 


Quanto a publicações no blog, é com alegria que constato que andou mais mexido. Andava mesmo abandonado nos últimos tempos. Espero continuar a aumentar o ritmo, ou pelo menos, conseguir manter esta frequência. Comecei o mês com mais um podcast (link abaixo), e de seguida um post sobre a Fashion Revolution Week. Após muito tempo de espera, o vestido que fiz para o casamento da minha sobrinha chegou ao blog, com as suas coisas boas, mas também e principalmente as más. Fiz mais uma vez, parte de um grupo de testers para os moldes Momma Quail Patterns, o molde em teste foi o das calças de ganga Billie Jeans, e fiz um par para cada um dos meus filhos. Acabei as publicações de costuras, com a minha versão da Hemlock Tee, molde grátis da Grainline Studio. Mesmo mesmo a terminar o mês, ainda publiquei as bolachas que fiz com a G. como parte do desafio Try Something New Every Month Challenge. Carreguem nas fotos abaixo para vos direcionarem aos posts originais. 

As for blog posts, I am very happy to see there were more than lately. It was really slow here. I hope I can keep on growing the number of posts, or at least, keep the same rythm from this month. I started the month with a new podcast (find link below - in portuguese only), and then a post about the Fashion Revolution Week. After a long time waiting, the dress I made for my niece's wedding, finally made it to the blog, with its good thing, but also, and mainly, the bad ones too. I was part of the testers group for Momma Quail Patterns again, this time for the Billie Jeans, and I sewed a pair for each of my kids. I ended the sewing posts, with my version of the Hemlock Tee, a free pattern from Grainline Studio. Right on the end of the month, I posted the cookies I made with G. as part of our Try Something New Every Month Challenge. Click on pictures below to take you to the original posts. 


  


  

 

2016-04-29

#TSNEM: Edible Crafts

Scroll down for english, please!


O mês passado acabei por não concluir o projecto que tinha pensado fazer (pela primeira vez). O tema era pintura e pensei em experimentar, eu e a miúda, pintar com a boca, mas não se realizou, quem sabe em breve. O tema deste mês foi o "comestível" e a meio do mês concluí o nosso (sim, meu e da miúda mais uma vez). Fizemos bolachas. Sim, já tínhamos feito bolachas antes, mas isto foi uma daquelas coisas que vemos no Pinterest a toda hora e decidi experimentar (não segui nenhum tutorial, pareceu-me óbvio o como era feito. A ideia (criativa) era conseguir colocar um coração no meio das bolachinhas. Como correu? ahahahaha... mal! LOL Nalgumas até se nota qualquer coisa parecida com um coração, mas noutras, aquilo só me deu vontade de rir. Vejam as fotos. A miúda juntou os ingredientes todos, depois amassou a massa, separei-a em duas partes, uma maior que deixei na sua cor normal, e depois dividi a segunda em três, a cada qual adicionei uma cor diferente de corante: vermelho, azul e verde. Foi ao frio para endurecer. Depois esticámos a massa, e cortámos corações que empilhámos por cor. Usámos a massa sem cor para formar um rolo com os corações no meio. Acho que não correu tão bem porque a nossa massa estava um pouco mole demais, deveria ter colocado no frigorifico mais um pouco depois deste passo. Ou talvez esta receita de bolachas não fosse a ideal, por isso acho que ainda é possível que experimente fazer novamente. Cortámos esse rolo em fatias de cerca de 0,5 cm e colocámos no forno. E pronto. As nossas bolachas ficaram assim... umas melhores que outras. Ah. com os pedacinhos de massa que sobraram, fizemos rolos compridos, tipo cobras, entrelaçámos os colorido e usámos o resto da massa à volta, com esse rolo mais pequeno, fizemos mini bolachas coloridas. Foram as primeiras a desaparecer. Eu, nem provei. 




Last month I did not make the project I thought of making (for the first time). The theme was painting and I thought about trying painting with our mouths, me and my daughter, but we didn't make it, who knows maybe sometime soon we do. This month's theme is "edible", and we did our about 2 weeks ago (yes, we, me and my girl again). We made cookies. Yes, we have made them before, but this was one of those things we keep seeing in Pinterest all the time and I chose to try it (I did not follow a tutorial, it just seemed obvious to me how to make them). The (creative) idea was to put a heart in the center of our cookies. How did it go? ahahahaah.. badly! LOL In some of the cookies you could tell there was something somehow like a heart, in others though, there was just something that made me laugh. See the photos. The girl mixed all the ingredients, kneaded the dough, I divided it in two parts, one bigger that I left as is, and a smaller part that I divided again into three parts to add food coloring in: red, blue and green. After the freeze, to get it harder, we cut hearts with it and made sort of a tower with it, after that, we used the regular dough to cover it all around, making a roll with the hearts in the middle. I think this didn't go better because our dough wasn't hard enough, maybe I should have put in back in he fridge for a little bit more after this step. Or maybe this recipe wasn't a good one to make this. I might try to do this again sometime. We've cut slices of nearly 0,5 cm and put it in the woven to bake. After that, they look like this...some better than the others. Oh, and with the little bits of dough that were left, we made sort of snake shapes with each color, rolled them together, used the regular dough around and cut into mini cookies. Those were the first to desapper, I didn't even got the chance to taste them. 

2016-04-28

Hemlock Tee Hack (Free Pattern by Grainline Studio)

Scroll down for english, please!


Nos últimos dias tive a oportunidade de costurar algumas peças de roupa para mim. Para isso serviu de empurraozito o post de hoje no Cose +. A Carla partilhou ontem, um post sobre o molde grátis da Hemlock Tee da Granline Studio, e hoje publicámos as versões que o resto da malta fez. O molde é tamanho único, e podem ver como ele assenta nos (nossos) vários tipos de corpo. A maior parte de nós fez alterações ao mesmo, por isso vale a pena espreitarem.

In the last couple of days, I was able to sew myself a few pieces. Cose +'s post from today, helped a little. Carla shared a post yesterday about the free pattern, Hemlock Tee from Granline Studio, and today we have shared the version the rest of us made. The pattern comes in a single size, and in the post you can see how it fits on (our) different body shapes. Most of all did a few adjustments, so it is worth checking it out. 


No meu caso, como sou tamanho S, bem pequeno tive que fazer várias. Além disso, como reparei nas fotos que vi online, que o decote era bem largo, optei por alterar esse detalhe também. Então vamos lá...

In my case, since I am a very small size S, I had a few adjustments to make. Besides, I noticed the wide neckline on the photos I previously saw online, so I chose to change that too. So, here we go...

Depois de traçar o molde, coloquei a peça da manga de lado, pois dispensei a manga. Nas peças do corpo, frente e trás, na marcação da cintura (onde diz para acrescentar ou cortar), eu retirei 10 cm à altura (foto 2). No lado que indica a dobra do tecido, nessas mesmas peças também, retirei 3 cm à largura (foto 1), o que equivale a uma medida real (largura) de 6 cm a menos, uma vez que essa peça se corta na dobra, é importante não esquecer. Depois de tratar da altura e da largura, ajustei a gola, para ficar mais fechada (o que me obrigou a ajustar o comprimento da banda da gola também). Na parte da frente (foto 3), colei uma folha por detrás e redesenhei a gola para a fechar, subiu cerca de 2 cm à frente. Já atrás (foto 4), alarguei ligeiramente, na foto podem ver o pedacinho de molde que cortei, e dobrei para trás.

After tracing the pattern, I put the sleeve piece aside, since I skipped it. In the body pieces, front and back, at the waist mark (where it says to shorten or lenghten), I took 10 cm to the lenght (photo2). At the fold side of the same pieces, I took 3 cm to the width (photo 1), which is actually 6 cm of the total width of the pieces, since they are cut on fold, it's important to remember that while doing your math. After taking care of lenght and width, I've adjusted the neckline in order to make it narrower (Which led me to adjust the neckband lenght as well). In the front piece (photo 3), I glued a sheet so I could draw a neckline, I made it about 2 cm higher. On the other hand, I slightly made the back (photo 4) wider as you can see in the photo, the bit I cut and folded to the back. 


Como dispensei as mangas, cortei dois retangulos com o comprimento da abertura (podem ver pela medida das mangas, ou medir diretamente nas marcas do molde da frente e trás) e cerca de 5 ou 6 cm de altura - desculpem, não tomei nota e já não me recordo. Dobrei essas peças ao meio (longitudinal) e marquei com o ferro, depois virei direito com direito, cosi as pontas mais curtas, criando um "anel" com cada uma, voltei a dobrar ao meio e cosi-as tal como na gola.

Since I let go of the sleeves, I've cut two rectangles with the armhole width (check it on the sleeve pattern or the marks on the front and back pieces) and about 5 or 6 cm high - I am sorry, I didn't write down how much and I can't remember anymore. I folded this pieces in half (lenght wise) and ironed, then I put them right sides together and sewed the shorter ends together, creating a loop with each of them, then I folded them wrong sides together and sewed them to the shirt as on the neckline.

O tecido usado nesta peça foi reciclado de um vestido XL que comprei há uns meses por uma pechincha, já com a reciclagem do mesmo em mente. Achei piada as linhas prateadas, e vi ali uma grande oportunidade. Malha, boa, a bom preço. Eu  acho que se não tinha um metro de tecido, andava bem perto, e como o vestido era quase um quadrado, com um pequeno corte no peito e depois franzido, fiquei com uma boa base para recortar a blusa sem recorrer a grandes invenções.

The fabric used in this shirt, was recycled from a XL dress I thrifted a few months ago. I was already thinking about refashioning it when I bought it for just a couple euros. I really liked the golden stripes, and I was an oportunity right away. Good knit, and cheap. I believe I had about a meterof fabric here, and because the dress was mostly a square, with just a little shape on the chest and just gathered, I was left with a great piece to cut without any big headaches. 

2016-04-23

Earth Day |Billie Jeans for her|

Scroll down for english, please. 


Hoje é Dia da Terra. Nós hoje levantamos-nos tarde. Vestimos os miúdos e fomos com eles até à praia. Aquele pequeno pedaço de céu não tinha lá mais ninguém, foi todo para nós. Os miúdos brincaram na areia, soube bem vê-los divertidos. O sol estava quente e não estava muito ventoso como ultimamente. 

It is Earth Day today. We had a late get up in the morning today. Dressed the kids and took them to the beach. That little piece of heaven had no one else there but us. The kids played in the sand, it felt good to see them enjoying theirselves. The sun was warm and it wasn't too windy as usually lately. 


Hoje, por ser Dia da Terra, e porque estamos ainda na Semana da Fashion Revolution, vesti-os com roupas feitas por mim, por completo. Quer dizer, ao mini tive que vestir um casaco de compra (mas que é usado em segunda mão) porque não tem nenhum feito por mim (ainda!). Ele vestiu este conjunto, só agora lhe serve mesmo bem. Ela vestiu esta camisola, este casaco e as calças que mencionei na publicação anterior. * e sim, se foram espreitar o link, já fiz este casaco em 2014 e ainda serve, quer dizer, eu quero que sirva, mas acho que esta terá sido muito provavelmente a última vez que o vestiu... 

Because it is Earth Day today, and we´re still celebrating Fashion Revolution Week, I dressed my kids fully mommy made. Well, I had to put on a RTW jacket to the little one because he doesn't have any made by me (yet!). He wore this outfit, only now it fits him perfectly. She wore this shirt, this jacket and the jeans I mentioned in my previous post. * and yes, if you went and checked the link, I made it back in 2014 and still fits, or I want it to fit, I think this might have been the last timeshe wore it though... 


Não só todas estas peças foram feitas por mim, como todas elas são reciclagens de itens já existentes e que ganharam nova vida. O fato dele nasceu de 3 t-shirts de mulher. A blusa dela de um lençol de malha, e o casaco dela de umas calças de veludo de mulher. As calças que veste também são recicladas e é delas que venho falar hoje claro. 

Not only were these pieces handmade, they were all refashioned as well. His outfit was born from 3 women t-shirts. Her shirts come from a knit sheet, and her jacket from velvet women pants. The pants she's wearing, are refashioned as well, and it's about them that I am here to blog about. 


Para começar, usei o molde Billie Jeans (Momma Quail Patterns), e foram feitas ainda durante o teste. Fiz-lhe o tamanho 5 e fiquei encantada com o resultado. Assentam-lhe tão bem. Escolhi as mesmas opções das calças do irmão, corte skinny e altura pelos tornozelos. 

For a start, I used Billie Jeans pattern (Momma Quail Patterns), and they were made still in the test phase. I made her size 5 and I was amazed by the end. They fit perfectly. I chose the same features I did for her brother's, skinny fit and ankle lenght. 


O tecido veio de um par de calças de mulher, não tinham tanta elasticidade como as que usei para o par do S., na verdade a elasticidade que tinham era pouquíssima, arrisquei, claro. A principio pensei que iam ficar demasiado apertadas e reduzir a facilidade de movimentos, mas nem por isso. Ficaram mesmo ótimas. Mais um molde da Amy aprovado e que eu recomendo. 

The fabric I used came from a women's jeans, and they weren't as stretchy as the ones I used to make S's pair, in good truth they had almost no stretch at all, so it was a risk I took, of course. First I thought they would be too tight and difficult movement, but not really after all. They were just great. Another pattern from Amy that I approve and recommend. 

2016-04-20

Billie Jeans |Momma Quail Patterns|

Scroll down for english, please!


Lembram-se das Walker Jeans que testei e mostrei o mês passado? Pois bem, na altura, o molde era para ter incluído uma versão skinny mas que foi colocada de parte pela designer. E ainda bem que ela o fez e se concentrou num molde à parte para essa versão porque acabou por ficar excelente. Foi assim que nasceu, e acaba de ser lançado pela Momma Quail Patterns, o novo molde, Billie Jeans.

Do you remember the Walker Jeans I tested and shared about a month ago? Well, back then, the pattern was initially going to contain a skinny option too, but it was put aside by the designer during the test. And that's great that she did so, and concentrated in making a whole new pattern for this option, because it turned out excellent. That's how the new Billie Jeans pattern were born and just released by Momma Quail Patterns


Desta vez juntei-me ao teste já numa fase adiantada, por isso, as peças que fiz, já foi com o molde melhorado. Hoje mostro apenas um par, mas na verdade fiz dois, um para cada um dos meus miúdos. Costurei-os ao mesmo tempo para fazer render o tempo em que apanho os miúdos a dormir. Para este par, reciclei umas skinnies de mulher. Consegui aproveitar ao máximo as calças originais e só cortei outros retalhos para o saco dos bolsos e para a parte de dentro da banda da cintura, um amarelo torrado/mostarda - cada vez mais apaixonada por esta cor, precisamente igual ao de uma blusa que ele tem (e que veste nas fotos). Felizmente tinha também molas KAM quase na mesma cor, são um pouco mais claras mas mal se nota, certo? 

This time around, I joined the test when it was well advanced already, and that's why my pieces were made with one improved pattern already. Today I am only sharing one pair, but I have actually made two, one for each of my kids. I sewed them at the same time for good time managements as the kids were sleeping. For this pair I refashioned a women's skinny jeans. I was able to use the most of the original pants and only needed other scraps for the pocket bags and for the waistband lining, for which I used a dark yellow/mustard - more and more in love with this color, exactly like the shirt he is wearing in this photos. Luckily enough, I had KAM snaps in the same color, or close, they are a little lighter, but you can barely tell, right?


Fiz o tamanho 18M para o S., das duas opções de corte (skinny e slim - direitas), escolhi as skinny, e dentro das várias alturas, optei pelo comprimento até ao tornozelo. Ficaram um bocadito longas nele, já é normal e eu já sabia que assim seria, mas optei por não ajustar a altura, o tecido tem boa elasticidade e ele tem crescido muito ultimamente, por isso mantive assim, ficam com uma altura dita normal, na esperança de servirem por mais tempo. Em comparação com o molde Walker Jeans, gosto mais da forma como estas assentam, apesar de também adorar as anteriores. O que acham?

I made size 18M for S., from the two fit options (skinny and slim) I went for the skinny one, and chose ankle lenght out of several onoes to pick from. They are slightly long for him, it's normal, I knew that would happen, but I didn't care to shorten the lenght because the fabric has a good stretch, and he's been growing fast lately, so I kept them like this, with a regular lenght, hoping they will last longer. Comparing to the Walker Jeans, I like this one's fit better, although I really like those too. What do you think? 


Até ao próximo domingo, a Amy está a oferecer 25% de desconto em qualquer um dos seus moldes na loja. Para isso, basta usar o código HAPPYSPRING. Aproveitem e boas costuras. 

Amy is having a whole shop sale through Sunday, to be able to get a 25% off any of the Momma Quail Patterns, use code HAPPYSPRING. Enjoy and happy sewing. 

2016-04-18

#FashionRevolutionWeek

Scroll down for english, please!


Cá em casa não se compra quase nenhuma roupa. Já é assim há um par de anos. As roupas que vestimos, são feitas por mim, dadas ou recicladas (de peças que já tinha ou compradas em 2ª mão). Não só tenho a poupança em mente quando opto por estas escolhas, como também tenho a mão na consciência. Uma vez por ano, tiramos um dia para comprar o que quer que seja que precisemos na altura, normalmente em época de saldos e noto que cada vez trago menos para casa, seja para mim ou para os miúdos. 

We barely buy any clothes in our house. It has been like this for a couple years now. The clothes we wear, are mainly made by me, given to us or refashioned (from pieces I already had or thrifted). I am not only thinking about saving when I choose to do this, I am also putting my conscience to work. Once a year, we get a day to go shopping for anything we need, mainly in sales and more and more I realise I come back home with fewer items, either for me or the kids. 

Hoje em dia, consumimos mais do que necessitamos. Trocam-se os bens materiais só porque sim, e quando se fala em moda então é por demais! E para responder a essa procura, existem grandes marcas que não hesitam em explorar e até escravizar seres humanos. As pessoas que fazem a nossa roupa. 

Nowadays, there's too many buying. Things get switched up just because, and when it comes to fashion, well, then it is just too much! In order to answer that demand, some big trades do not hesitate to explore and even enslave human beings. People that make our clothes. 

Ainda não ouviram falar da Fashion Revolution Week? Depois da morte de mais de mil pessoas em Bangladesh (24 Abril 2013), a trabalhar sob péssimas condições, o mundo quis saber quem faz as nossas roupas? Em que condições trabalham essas pessoas? E logo no ano seguinte (participei aqui) nasceu o movimento Who made my clothes? No dia do primeiro aniversário sob a tragédia, o mundo perguntou às grandes marcas, quem fez a minha roupas? Quis conhecer as caras de quem está por detrás. 

Haven't you heard of the Fashion Revolution Week? After the death of more tham a thousand people in Bangladesh (April 24, 2013), working under poor conditions, the world has been questioning who makes ourclothes? What are the terms those people are working in? The year after the tragedy, the world has asked those big brands, who made my clothes? People wanted to know to faces of those that are behind it. 

Eu faço as minhas roupas. E as dos meus filhos. Alguma pelo menos. Tenho a sorte de me ter interessado pela costura e ser capaz de as fazer. E cada vez mais tenho tentado evitar compras por impulso. Não só de roupa já feita e pronta a usar, mas também de tecidos. E neste ramo, nem sempre consigo, é verdade, e este ano até me ando a portar muito mal, mas sabe quem me acompanha há mais tempo que consegui passar cerca de dois anos sem grandes compras e sempre a costurar. 

I make my own clothes. And my kids'. Some of it at least. I have been lucky enough to be interested in sewing and learning my way through so I could be able to do it. And everytime I try to avoid buying in the moment. Not only in RTW but also fabric. I can't always succeed in that department, that's true, and this year I have been a bad girl, but for those who follow for a longer time, you know I spent nearly two years buying pretty close to nothing, always sewing. 

É possível manter a paixão, a criatividade, a criação sem exageros de consumo. Vamos todos reciclar mais? E se tu não costuras, és capaz de pensar melhor na roupa que compras, e em como ela é feita? Vamos mudar o mundo, um passo de cada vez?! 

It is possible to keep the passion, creativity and creation out of extreme consumption. Let us all recycle a bit more? And if you can't sew, would you be more aware of the clothes you're buying, and how were they made? Let's change the worl, one step at a time?!

2016-04-12

The dress that didn't go that well

Scroll down for english, please!


Em Outubro fará dois anos que a minha sobrinha casou. Na altura, mostrei-vos tanto o fato à homenzinho que fiz para o S., como o vestido da G. e deixei no ar a promessa de vos mostrar o meu vestido também. A família toda a combinar uns com os outros. No entanto porém, os dias, meses, foram passando e nunca cheguei a partilhar aqui convosco o dito vestido que fiz para mim. É tão mais fácil fotografar as peças dos miúdos. As minhas ficam muitas vezes para trás. Há uns dias tirei-o do armário e lá o fotografei como deve de ser.

In October it will be two years from my niece's wedding. Back then I showed you the little man's suit I made for S., as well as the dress I made for G. and the promise of showing you my own dress as soon as possible. All the family was matching. Despite though, the days, motnhs went through and for one or many reasons I never got around to share mine. It is so much easier to photograph the kids clothes. My own clothes are left behind so often. A few days ago I took the dress out of the wardrobe and photographed it at last. 

Para começar, como disse no post em que mostrei o vestido da G. - e uma vez que o tecido usado foi o mesmo - repito-me. O cinzento foi sobras do tecido usado para as minhas calças de grávida (aqui) e o tecido floral, foi-me dado pela minha sogra. O forro branco, que usei tanto para a parte de cima, como a de baixo, veio de uma cortina branca acetinada que me foi dada pela minha irmã.

To start, as I said in the post I made for G.'s dress - since I used the same fabric for both - I repeat myself. The grey fabric was left from the maternity pants I made myself (here), and the floral fabric was given to me by my MIL. The white lining came from an old satin-like curtain my sister gave me, I used it either on the top and bottom of the dress. 


Este vestido não ficou perfeito, apesar de ter sido bastante gabado na cerimónia, para meu espanto. Já não recordo o molde usado, creio que foi um de alguma Burda, ou outra qualquer das minhas revistas. Na altura amamentava e por isso tive que o alterar, de forma a conseguir fazê-lo com comodismo. Optei então por abrir toda a frente, e colocar molas (metálicas e cosidas à mão no caso) para fechar. Na foto abaixo, mostro três delas abertas, mas tinha mais, abria mesmo até à cintura, quase. Foi a primeira vez que costurei várias linhas com o elástico na bobine para franzir o vestido e acho foi isso que não correu tão bem, já que a frente não ficou muito direitinha. Infelizmente já não tive tempo de fazer outro vestido para o casamento, assim que depois de muitas lágrimas tive que improvisar. Andei mesmo desiludida com este vestido e prestes a sair e ir comprar um já feito, ainda fui, mas não encontrei nada (compatível com a amamentação e tal) nos tons e o resto da família já estava tratada. Usei uma fita vermelha de cetim em laço, na cintura, disfarçou o que ficou torto e ainda deu um toque diferente ao vestido.

This dress is not perfect, althoug people really liked it at the ceremony to my surprise. I can't remember what pattern I used anymore, probably one from Burda or any other of my pattern magazines. Back then I was still breast feeding, so I needed to hack it in order to allow me a comfortable feeding. I chose to open the entire front, and add snaps to close (handsewn metallic ones in this case). In the photo below, you can see three of them, but I actauuly added about 5, almost all the way to the waistline. It was the first time I tried sewing rows of gathering with an elastic bobbin, and believe it was what caused it to not work so well, making the front look a bit askew. Unfortunately I didn't have the time to make another dress in time for the wedding so after many tears I had to improvise. I was really disillusioned with it, and even considered buying a RTW, I actually did search for one, but I couldn't find anything (breast feeding friendly and all) in the shades I wanted and the rest of the family were all set already. I used a red satin ribbon in the waist, it kinda covered the askew in it, and added a little touch too. 


Na altura eu não recebi logo as minhas fotos, a fotografa era uma amiga da noiva, foi o primeiro casamento que fez, e ficámos super desiludidos com as fotos quando as recebemos. Não tirámos fotos no exterior porque choveu nesse dia, e as de interior ficaram muito "caseiras", muitas delas nem centradas estavam. Não tenho nenhuma de corpo inteiro, em que se veja o vestido por completo. Ou tenho o S. ao colo, ou tenho um xaile por cima, a tapar-me toda porque estava fresco... Sobra-me uma foto, em que apareço eu e o V. com os noivos no fim da cerimónia porque fomos padrinhos, se assim não fosse, creio que nem uma decente teria... Nas fotos que tirei em casa, já não tenho a faixa vermelha, já a usei para outra coisa qualquer, nem sei dela, dá para ver perfeitamente o defeito de que falei. E quando as tirei nem reparei que ali no lado esquerdo parece fazer umas pregas estranhas. Não me orgulho deste vestido, mas tão pouco me envergonho dele, por isso partilho-o hoje. Nem sempre as coisas correm tão bem quanto esperado, mas o importante é avançar. Nunca se esqueçam disso, nem tudo tem de ser perfeito na vida.

We didn't get the wedding photos soon after, the photographer who did the job was a friend's of the bride and it was the first wedding she did. We were really disappointed at the photos when we got them. No outside photos were taken because it rained that day, and the ones inside, looked so "homemade", many of them aren't even centered. I don't have a single full body photo. I either am holding S., or am covered in a shawl because it got cold... I have one photo left, with my V. and the bride and groom because we were her godparents, otherwise, I don't think I'd have any at all... In the photos I took at home, the ribbon is not on anymore. I know I used it for something else already, don't even know where it is, so it is plain to see the imperfection of the dress. And only when I took these photos I noticed those weird folds on the left side. I am not proud of this dress, but I am not ashamed of it either, that's why I am sharing it today. Things don't always go as we wished them to, but we keep on, that's what matters. Never forget that not everything has to be perfect in life. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

stay connected

Subscribe by Email